Seguidores

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Falando de Outono

Então ele chega, silencioso e frio
E já me veste de nostalgia
E já me despe das flores
que em meus olhos floriam
Pinta de cinza toda a paisagem

Então ele chega e me abraça inteira
E profundamente invade minh'alma
Eu o recebo, passiva e calma
E ficamos um tempo assim
nos re(conhecendo), nos re(descobrindo)

Então ele chega mais cedo
e toma seu lugar em mim
como antes, do mesmo jeito
E eu me entrego e aceito
...e fim....


regina ragazzi

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Sentires...

Quando não sinto,
sinto que sou:
matéria sem cor
flor sedenta
caída à beira de um rio
sol de falso brilho
... e frio...
alma vazia...

Então eu choro
e imploro pelo menos a dor
Quero sentir algo
seja lá o que for...

regina ragazzi

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Tão só, mas espero-te!





O que me trouxe a noite
foi uma tristeza profunda
Uma solidão absurda
e inexplicável...

Eu sei que vai passar
Mas é tão ruim...

Escuto tantas palavras
Não digo nenhuma palavra
Guardo tudo para mim

Depois fico assim
Precisando de um ombro
De um consolo
De alguém que cuide de mim

regina ragazzi

[....]

Vivo a angústia
de estar só,
de procurar carinho,
tolerância, simpatia
com fome de alegria
e conforto de minha alma!

Vivo a esperança
da tua companhia
do teu alento
da tua mão com caricia
do teu olhar confesso
enfim;
da tua presença iluminada,
vem e eu espero-te!

José Manuel Brazão